Melhores suplementos para acelerar sua recuperação

Os 3 melhores suplementos para acelerar sua recuperação

Treinar duro na academia pode levar a músculos maiores, mais fortes, mas também pode te deixar se sentindo destruído. Com a suplementação certa, você pode minimizar a dor, avançar para o seu próximo treino, e talvez até queimar um pouco de gordura extra!

Todos nós sabemos a dor que vem depois do primeiro dia de perna em semanas, ou após uma sessão de treinamento de intervalo de alta intensidade esgotante. Nutrição adequada, sono e um esquema de treinamento bem projetado podem te ajudar a enfrentar a temida dor muscular tardia.

Aqui estão alguns suplementos para te ajudar a gerenciar a dor muscular tardia e consistentemente esmagar seus exercícios!

“Quanto mais rápido você puder se recuperar, mais cedo você pode retornar à sua rotina.”

Suplemento 1: Aminoácidos de Cadeia Ramificada (BCAAs)

Há uma razão pela qual os BCAAs estão em praticamente todos os produtos pós-treino: eles funcionam! Os aminoácidos leucina, isoleucina e valina são importantes para a construção do músculo e a redução do dano muscular.

A finalidade de sessões de treinamento duro é colocar suas fibras musculares para trabalhar, assim elas podem crescer mais e mais fortes. Este processo pode causar estragos nas proteínas que compõem suas fibras musculares e transformar até mesmo as atividades mais simples, como sair da cama, em lutas mortais.

Os BCAAs servem como um agente de recuperação eficaz, ajudando a reduzir a dor muscular após o exercício e o tempo de recuperação necessário entre os treinos. Uma porção de 5 gramas é uma dose bastante universal de BCAAs, e pode ser tomada pré, intra ou pós-treino – ou a qualquer momento durante o dia. Procure por BCAAs numa proporção 2:1:1 (Leucina:Isoleucina:Valina).

Suplemento 2: Óleo de peixe

O óleo de peixe é um dos suplementos mais versáteis do mercado. Além de apoiar um coração saudável para ajudar com o controle de peso, o óleo de peixe é uma maneira inteligente para ajudar a melhorar a sua saúde geral. E quando se trata de exercício de recuperação, este suplemento não irá te decepcionar.

EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenoico), dois ácidos graxos essenciais encontrados no óleo de peixe, têm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a dor muscular após o exercício. Em estudos usando suplementação de óleo de peixe, as pessoas relataram menos dor, menos inchaço muscular e uma maior amplitude de movimento para aqueles que tomam óleo de peixe em vez de um placebo. Essas melhorias são provavelmente devido à capacidade do óleo de peixe trazer fortalecimento enquanto reduz o estresse oxidativo que acompanha o exercício intenso.

A American Heart Association recomenda 1 grama por dia de óleo de peixe para apoiar a saúde cardiovascular. Se você está procurando ajuda para gerenciar a dor muscular tardia, experimente uma dose de 2 gramas (EPA e DHA combinados) por dia.

Suplemento 3: L-Carnitina L-Tartrato

Mais comumente reconhecida como um agente de queima de gordura, a L-carnitina está emergindo como um importante complemento para a recuperação do exercício. Ao diminuir o acúmulo de amônia e aumentar o fluxo sanguíneo durante e após o exercício, a L-carnitina pode ajudar a otimizar o processo de reparo tecidual pós-treino.

Em um estudo, homens treinados com resistência que receberam 2 gramas de L-carnitina por dia, durante 3 semanas, mostraram significativamente menor acumulação de marcadores de estresse pós-exercício, menor dano tecidual e menos dor muscular após exercícios de agachamento de intensidade moderada.

Um estudo de acompanhamento confirmou esses achados, mostrando que os homens e mulheres de meia-idade que suplementaram com L-carnitina experimentaram significativamente menos danos musculares e dor após um alto protocolo de repetições de agachamento.

O que poderia ser melhor do que um suplemento com propriedades de queima de gordura e a capacidade de reduzir a dor?

Posts populares com esse assunto