Renda passiva ou residual, entenda o que é

Renda passiva ou residual, entenda o que é

A maioria das pessoas, principalmente os brasileiros, que não costumam ter uma educação financeira desde cedo, dependem do trabalho mensal, ou seja, de uma atividade profissional para se manter financeiramente e, ainda, desconhecem o conceito de renda passiva ou residual.

A renda conquistada pelo seu trabalho, seu esforço e seu tempo de dedicação é a renda ativa, a mais conhecida por todos que desempenham alguma atividade profissional e a obtém no final ou início de todo mês.

A renda ativa é uma das formas de arrecadação, mas não é a única. Portanto, assim como é possível ter uma renda por trabalhar ativamente, também é possível gerar renda de forma passiva.

Esse outro tipo de renda que não é proveniente do seu trabalho principal é uma oportunidade tão geradora de dinheiro quanto a tradicional.

Para entender o que é renda passiva ou residual, acompanhe o nosso post e fique atento em como é possível conquistar uma grana extra. Em momentos de instabilidade financeira, como o que o país enfrenta, é útil saber como conseguir uma renda residual ou passiva.

O que é renda passiva?

A renda passiva ou renda residual, diferentemente da renda ativa, é aquela em que a pessoa não depende do trabalho para receber.

É uma forma passiva de continuar gerando renda, ainda que a pessoa não esteja trabalhando ativamente. É uma forma de conquistar uma quantia em dinheiro sem ter que trabalhar para conquistá-la.

Assim, a renda passiva ou residual é um dinheiro que a pessoa ganha, sem necessariamente gastar um tempo significativo com isso.

É claro que para ter uma renda passiva, é preciso gastar um tempo com isso, e estar atento às várias possibilidades, já que a alavancagem pode ser bem rápida.

A renda passiva vem da ideia de que o dinheiro trabalha para a pessoa e, não, a pessoa que trabalha para conquistá-lo.

Exemplos de renda residual

Ter uma renda residual é ganhar dinheiro continuamente no futuro por uma iniciativa do presente, ou mesmo, ganhar dinheiro por muito tempo devido a um trabalho feito no passado.

Para entender melhor o que é a renda residual, aí vão alguns dos exemplos mais comuns: renda de aluguel, dividendos (distribuição de lucros de uma empresa), pensões, aplicações financeiras e até mesmo royalties, patentes, direitos autorais, no caso de artistas, escritores, compositores, médicos e pesquisadores.

E para quem não possui nenhuma dessas alternativas para conquistar uma renda residual?

Uma opção é buscar empresas de venda direta, que possuem um sistema de remuneração por meio do marketing multinível, que permite arrecadar bônus e comissões a partir de uma rede de distribuidores.

Mas o que é marketing multinível?

É um modelo de remuneração que ajuda a manter a força de vendas de produtos ou serviços, ou seja, um modelo comercial de distribuição de bens e serviços em que os ganhos são oriundos das vendas diretas e efetivas ou, mesmo, do recrutamento de novos vendedores.

Assim, quanto mais clientes novos, revendedores e parceiros se unirem em uma mesma equipe de negócios, melhor será a base para o crescimento da empresa e o esforço coletivo que vai gerar o rendimento residual.

O marketing multinível teve origem nos Estados Unidos em 1940 e ao chegar no Brasil deu origem a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), que tem hoje 67 empresas associadas, que atuam nos mais diversos setores, como cosméticos, produtos de limpeza, alimentos e suplementos nutricionais.

Você já deve até mesmo conhecer uma dessas empresas de marketing multinível, sem mesmo saber.

A Mary Kay, a Hinode, a Herbalife, a Amway Global e a Natura são exemplos das principais empresas que possuem planos de marketing multinível.

Vale destacar que o negócio do marketing multinível se desenvolve de forma sólida a longo prazo – de 2 a 5 anos.

Fontes de renda passiva

Existem duas fontes de renda passiva distintas com relação ao modo de gerá-la.

A maneira como a renda passiva será construída dependerá de várias circunstâncias, como a situação financeira da pessoa, seu patrimônio, sua profissão, suas habilidades, talentos, conhecimentos e até mesmo a sua personalidade.

Fontes que dependem de capital inicial

Algumas fontes de renda passiva dependem de um recurso inicial para receber, manter e fazer a renda passiva crescer.

São exemplos: os investimentos, os imóveis alugados, os lucros de dividendos das empresas e as franquias, por exemplo.

Fontes que não dependem de capital inicial

Há ainda as fontes de renda passiva que independem de uma quantia financeira inicial ou mesmo que dependem de poucos recursos para viabilizar a renda residual.

Dentre essas opções estão as patentes, os direitos autorais, os royalties e sites de nicho na internet.

Portanto, antes de avaliar a melhor maneira de ter uma renda passiva ou residual, é importante se informar e avaliar as oportunidades, além da preparação para colocá-las em prática.

Em tempos de recessão e também de retomada econômica, a renda passiva pode ser uma ótima solução para incrementar sua realidade financeira.

Ir em busca de uma renda residual é um passo importante para quem quer ter sucesso financeiro.

Treine sua mente e desenvolva hábitos que ajudem a viabilizar a sua renda residual.

Existem várias possibilidades de ganhar dinheiro além do seu trabalho. Basta se organizar e pensar na melhor maneira de fazer o dinheiro trabalhar para você.

Posts populares com esse assunto